Ads (728x90)


Ter um filho é muito especial! Seu nascimento é uma das maiores alegrias que os pais sentem na vida. Cuidar daquele serzinho tão desejado, ver seus primeiros passos, as primeiras palavras. Tudo é magnífico e enche a vida de todos ao redor de muita felicidade. O aleitamento materno, as primeiras papinhas, mas, quando o tempo passa eles começam a selecionar o que querem comer. E agora? Como fazer o filho tão amado se alimentar bem?

Essa é uma questão que aflige muitos pais por todo o mundo. É natural que as mães, principalmente, se preocupem com a alimentação do seu pequeno. Afinal, ela sabe que uma refeição balanceada vai deixar seu filho com mais saúde e tudo o que ela não quer é que seu tesouro fique fraco.

O problema é que nem todas sabem o que fazer para que ele se alimente bem. Forçar, deixar para lá ou encontrar outra saída? Aliás, existe outra saída para convencer os filhos a se alimentarem com mais qualidade? Essa possibilidade existe e você vai ver algumas dicas a seguir.


CRIANÇA COMENDO

COMO FAZER O FILHO SE ALIMENTAR

A hora da refeição é importantíssima e é o momento de comer "comida de verdade" (nada de comida instantânea, bolachas e afins). Porém, vai tentar convencer os filhos a comer uma salada de legumes e um pouco de feijão? Eles batem o pé, viram a cara e não aceitam de forma alguma o que é oferecido. Fazer aviãozinho às vezes é a saída encontrada, mas que nem sempre dá certo.

Nesse caso, algumas dicas podem ser muito úteis como as que serão mostradas a seguir:

Importância da rotina
Para uma criança ter rotina é fundamental! Os pequenos precisam sim de ter hora para dormir, acordar, fazer lição e comer. O adulto precisa guia-la nesse percurso que é de extrema importância para eles se sentirem seguros e irem criando aspectos básicos de responsabilidade.
Torne o momento da refeição prazeroso. Sente com a criança, converse, dê atenção para ela.

Apresentação dos pratos
Se um adulto “come” com os olhos imagine uma criança. Aquele prato com uma apresentação bonita dá uma vontade de comer, não é?! Já aquele que a comida vem sem cor, bagunçada no prato, a gente não tem vontade de experimentar (mesmo podendo estar gostoso).
Então, uma dica praticamente infalível de como fazer o filho se alimentar é caprichando na apresentação dos pratos. Por isso, capriche quando preparar o prato do pequeno. Fazer carinha com os alimentos, colocando mais cor (aproveitando os legumes e verduras), além de ficar um prato mais divertido, vai chamar a atenção da criança e fazer ela se interessar por ele.
Normalmente, a criança presta mais atenção a figura que foi feita com os alimentos que com eles próprios. Por isso, a aceitação é maior. Quando se tira direto da panela elas costumam ter uma reação nada satisfatória. É justamente isso que faz com que elas não queiram esses alimentos.

Não ceda a pressão
A criança não quer comer e para não deixa-la com fome você cede a pressão e deixa ela substituir a alimentação mais saudável pelas coisas que gosta (e que geralmente não são saudáveis). Essa turminha pequena é muito inteligente! Se você fizer isso ela saberá que da próxima vez que não comer poderá logo em seguida ingerir aquela guloseima que mais gosta.
Se ela não quiser comer, não oferte outra coisa. Espere um pouquinho e depois ofereça mais uma vez. Quando a fome bater ela vai achar a comida mais atraente.

Quer trazer ao seu filho uma alimentação mais natural e saudável, abandonando o mito de que comida saudável não é atrativa ao paladar das crianças. Afinal, tudo na vida é uma questão de hábito. RECEITAS SAUDÁVEIS PARA CRIANÇAS

Seja exemplo sempre
Os pais são os principais exemplos dos filhos em tudo! Por isso, coma alimentos saudáveis perto de seu filho, fale que é gostoso, faça fisionomia de feliz. Não adianta querer que seu filho coma alimentos saudáveis se você não faz!

Coloque outros ingredientes na preparação das receitas
Alguns ingredientes podem ser adicionados em certos preparos e conferir mais nutrientes a criança. Por exemplo, ao preparar uma panqueca pode-se colocar espinafre na sua massa. Assim, além de ficar mais nutritivo terá uma cor diferente e a criança nem vai perceber a diferença.

Não ofereça bebida durante as refeições
É comum os pais darem alguma bebida aos filhos na hora do almoço ou jantar. Contudo, se pararem para observar, eles mais ingerem a bebida que a comida. A explicação para isso é simples, afinal, o que eles querem é não ingerir certos alimentos. Ao ingerir o líquido eles têm uma sensação maior de saciedade e deixam o alimento de lado.
O ideal é somente ofertar o líquido quando a refeição já tiver sido finalizada. Assim eles irão ingerir a comida e somente depois tomarão a bebida que os pais oferecem.

Alimentos que não gostam devem ser oferecidos primeiro
Muitos pais oferecem primeiro o que a criança gosta de comer e depois os alimentos que elas menos gostam. No entanto, esse é um erro, pois é justamente quando estão com fome que se torna mais fácil convencê-las a comer certos alimentos.
E, se a criança persistir em não querer experimentar, não desista! Vá oferecendo em outros momentos, coma na frente deles para que a ela tenha o exemplo.

Aprenda receitas saudáveis e deliciosas para fazer para a sua criança... Veja como...

Cozinhando com os filhos
Uma forma de instigar o apetite dos pequenos é colocando eles para prepararem certos pratos. Ao colocar a mão na massa, ver como a comida é preparada pode instigá-la, afinal, ela vai querer experimentar o que ajudou a fazer.
Mas, lembre-se sempre: tenha muita atenção com a criança na cozinha, afinal, ela tem alguns perigos para os pequenos. Adapte as propostas com o que eles podem fazer.

Chame a criança para escolher o cardápio semanal
A interação da criança com o cardápio que será servido na semana é uma dica de como fazer o filho se alimentar. Toda criança gosta de diversão e tornar a escolha dos pratos mais divertidas pode aumentar sua vontade de ingerir certos alimentos.

Conheça receitas saudáveis que a sua criança irá gostar...

RESUMINDO

Não há uma receita perfeita de como fazer o filho se alimentar. Ter rotina, ser exemplo, buscar algumas alternativas mais divertidas e que instigam o paladar do pequeno são ótimas maneiras de alcançar esse objetivo. A apresentação do prato, inserção de certos ingredientes em alguns preparos e chamá-los para cozinhar são ótimas dicas.

O que você achou dessas dicas? Deixe seu comentário e aproveite para compartilhar nossa página em suas redes sociais.


Postar um comentário

Blogger